terça-feira, 22 de fevereiro de 2011


Há quem diga que todas as noites são de sonhos
Mas há também quem diga nem todas
Só as de verão
Mas no fundo isso não tem muita importância
O que interessa mesmo não são as noites em si
São os sonhos
Sonhos que o homem sonha sempre
Em todos os lugares, em todas as épocas do ano
Dormindo ou acordado




Um comentário:

Kamila disse...

Ah o sonho... o que nos impulsiona ao voo!
Querida, venha mais vezes, não some mais, hehe.

Beijo doce
Fica com o Pai