terça-feira, 22 de novembro de 2011

Vinte e Dois

video





I adore you...






terça-feira, 15 de novembro de 2011

Afeto





Sobramos aqui, eu e a insônia.
Tá frio e vazio do meu lado.
Saudade pra fazer companhia.
Carente do seu abraço. Dos seus cuidados. 
Uma camisa branca com o seu cheiro..como se ele já não estivesse espalhado por toda parte.
Pensamentos voam pra longe em busca de sonhos pra vive-los contigo.
Deixa-me guiar o destino?
E essa sensação de completude, de transbordamento, de plenitude..
Desejo insaciável de provar disso cada vez mais.
Felicidade vicia. Você vicia.
Jeito manso, toque suave, beijo doce.
Vou te levar pra ver o mundo de uma outra óptica.
Vou te mostrar novas nuances.
Novos parâmetros, novas perspectivas, novo estado de enamoramento pela vida.
Essa paixão bonita e leve.
Esse amor sentido, compartilhado, vivido.
Me move a todo tempo.
Me dôo.
O meu dia começa mais bonito quando você faz parte da minha noite.
Ao som da sua voz, descanso.
Te cuido. Te protejo. Te amo.






quinta-feira, 3 de novembro de 2011

Lindo



Outra vez, pelo mesmo motivo,  sou pega de surpresa. Entra por aquela porta e me faz radiante. Deixe as coisas pelo chão e me namore. Enfeita os meus dias com os seus pedidos fofos que eu me divirto em atender. Sussurra um heavy metal no meu ouvido. Dedilha suavemente os acordes, semibreves, na minha pele. Dança comigo essa noite? Divide o compasso? Sorria? Grite sem palavras os seus sentimentos demonstrados naquele seu jeito doce e demorado de me beijar.  Pra que palavras se nos entendemos tão bem no silêncio? No olhar, no tocar... Se roubam a lua da minha janela, vou procura-lá em outro lugar. Me vejo nesses olhos castanhos - tom dos meus. Mergulho na nossa história que tem lua até de dia e nunca eclipses. Lá não há nada que escureça. Me chama pra deitar ao seu lado - o melhor lugar que há. Deixa-me te mostrar como é ser bem cuidado. Trago seu capuccino - com ou sem chantilly - assim que acordar, quando quiser. Decora alguma coisa no meu quarto, domina o espaço com a sua bagunça ou seja lá o que for. Deixe tudo espalhado e os meus pensamentos soltos para irem ao seu encontro onde quer que você esteja. Se infiltra nos meus sonhos e me leva pra longe daqui - a beira de um mar calmo, onde exista um céu claro e o calor do seu abraço. Quero dormir no seu ombro, me perder em todo encanto da atmosfera que se cria quando estamos juntos. Identifico as suas carências pelo seu jeito d olhar e te ofereço colo. Derramo doses de mimos e um mix de afeto pra te embriagar. Deixo o meu coração em tuas mãos, batendo no peito só resta a saudade e o desejo que te rever entrar por aquela porta outra vez.










quarta-feira, 27 de julho de 2011

Colírio

Ando carente de mim
Da minha força, da minha companhia, da minha fé..
Da minha sutileza, alegria, serenidade..
Ah serenidade..que se ausentou de mim nem sei exatamente quando e já me perdi nos porquês..

Tô com saudade de me sentir livre para ser como eu quiser novamente
Saudade de poder ser honesta o tempo todo
Ao invés de ficar remediando e contornando as circunstâncias

Sinto falta da liberdade de me apaixonar pelo quê, quando, e como eu quiser
Com ou sem exagero..
Com ou sem reservas..
Com ou sem atitudes.
Carência do meu jeito de ser
Carência da minha espontaneidade.

Me perder de mim pode ser recuperável
Não sei até que ponto, qual a profundidade
Não sei se reencontaria toda minha personalidade
Me perder do resto é o medo..um medo tão sentido que às vezes é palpável

Injustiças calaram o meu vocabulário
Os meus gritos estão presos.. sem chance de defesa
Então quem me defenderia?
Quem me justificaria?
Quem limparia minha imagem borrada por essa cegueira insana e egoísta?

Aquele amor puro... talvez já contaminado
Talvez já  debilitado pelos ventos contrários
Aquele amor novo e desejável
Agora injustiçado

Ando a procura de mim outra vez
Procuro silenciosamente, pois não há mais companhia
Não há quem ouça minha voz
Não há quem antes havia..não há quem eu queria

Míopia ofuscou outros olhares
Os meus sonhos diminuem timidamente entre tantos nãos
Pisar em ovos..
Ser conveniente
Seguir o protocolo
E mesmo assim não ser suficiente...dói

Me perder de mim é um recesso
Podendo haver retrocesso
Sequelas pernanentes, talvez

Perspectivas embaçadas
Amor encolhido..escondido em tudo isso
Reservas de sentimentos bonitos e sadios
Sentimentos que, asfixiados, vão perdendo a autenticidade

Transformaram em nó o nosso laço
Me procuro por toda parte pra mostrar a você de novo
Usa um colírio de reciprocidade pra recuperar a nitidez
Se me perder de vista, sabe lá quando vai me enxergar outra vez

sexta-feira, 24 de junho de 2011



Eu não consigo mais segurar isso
Minhas mãos estão cansadas de só esperar para deixar pra lá


 

E eu estou esperando... Ainda









quinta-feira, 23 de junho de 2011



De que serviu tecer flores
pelas areias do chão,
se havia gente dormindo
sobre o própro coração?




E o vento vai levando tudo embora..


Hoje iria ser o dia,
Mas eles nunca devolverão isso para você.
E neste momento você devia, de algum modo,
Ter percebido o que não deve fazer.
Eu não creio que alguém
sinta-se do modo como me sinto
Sobre você agora











É....tem gente de todo tipo


Mas é claro que o sol vai voltar amanhã
mais uma vez, eu sei
Escuridão já vi pior, de endoidecer gente sã
Espera que o sol já vem 

Tem gente que está do mesmo lado que você
mas deveria estar do lado de lá 

Tem gente que machuca os outros
Tem gente que não sabe amar





Se você quiser alguém em quem confiar
Confie em si mesmo!
 






E não adianta nem me procurar
Em outros timbres, outros risos
Eu estava aqui o tempo todo
Só você não viu


Só por hoje não quero mais te ver
Só por hoje não vou tomar minha dose de você







terça-feira, 14 de junho de 2011

Vem



Lábios cerrados, coração a mais de 1000/h, perdida no tempo, sensível.
Mente em conflito, coração aflito, sem rumo, inibido.
Amor sufocado, tormento, apego, embaraço
Sintoma de solidão à vista, toque de vazio 
Presença distante, carência, sufocante inquietação incessante
Nem sinal do dia mais próximo ao próximo dia marcado.
Nem constância de sentidos arrebatadores
Ausência de gosto aniquila a contagem regressiva da esperança
Silêncio ensurdecedor dos seus batimentos no meu ouvido
Afogo minhas lembranças na sombra dos seus afagos
Insônia!
Leve desespero, frio que da medo
Aguça o meu instinto mais adormecido, me ganha
Me faz outra vez ter referência do que é bom
Lentamente me envolvo em sonhos reais, suspiro
Letras e melodias afloram em infinitas noites traiçoeiras
As horas hesitam em passar, agonia, anseio
Presa num mundo assombrado por lembranças do seu rosto lindo
Vem e torna colorido outra vez, me anestesia
Ficar tão longe assim faz mal ao meu sexto sentido
Deixa o nosso amor sair da caixinha de doces sofisticados que você deixou na minha geladeira ontem
Volta aqui pra perto do meu ombro e me deixa cuidar do seu sono 
Retome aquela maneira clandestina de atrair o meu coração a você
Me faça cativa do seu jeito doce novamente, me entorpece
Equaliza esse sentimento de maneira diferente como só você sabe fazer
Coloca em prática o nosso manual de instruções e configure o nosso sistema afetivo para funcionar a todo vapor
Troque as peças se for preciso, balanceie, calibre
Ajuste as velas e deixe a brisa nos conduzir ao destino mais divino
Pondere os olofotes, mas não deixe as luzes se apagarem pois é o nosso amor que ilumina o mundo
Faz das constelações minuscúlas faíscas como fogos de artifício sem graça perto do nosso incêndio voraz
Reavive o nosso primeiro estado de encantamento 
Traz de volta o meu sorriso, deixa eu ser o seu lar
Bate a nossa afinidade no liquidificador até virar um suflê de altruísmo mútuo
Perpetue essa conexão tatuando a nossa imagem nos pontos cardeais
Me inspira outra vez, insista
Volte logo, amor, enquanto isso vou lutado contra o tempo, esperando, até você chegar.
Case o teu querer com a minha saudade para experimentar, tim-tim por tim-tim, o que é felicidade.








segunda-feira, 13 de junho de 2011

Se for real não há necessidade de ser dito


Eu tenho uma porção de coisas pra dizer, 
dessas coisas assim que não se dizem costumeiramente, 
sabe?
dessas coisas tão difíceis de serem ditas 
que geralmente ficam caladas, 
porque nunca se sabe nem como serão ditas 
nem como serão ouvidas.
 
 

sexta-feira, 10 de junho de 2011

Promete não deixar a paixão fazer de você uma pessoa controladora, e sim respeitar a individualidade do seu amado, lembrando sempre que ele não pertence a você e que está ao seu lado por livre e espontânea vontade?
- Promete saber ser amiga(o) e ser amante, sabendo exatamente quando devem entrar em cena uma e outra, sem que isso lhe transforme numa pessoa de dupla identidade ou numa pessoa menos romântica?
- Promete fazer da passagem dos anos uma via de amadurecimento e não uma via de cobranças por sonhos idealizados que não chegaram a se concretizar?
- Promete sentir prazer de estar com a pessoa que você escolheu e ser feliz ao lado dela pelo simples fato de ela ser a pessoa que melhor conhece você e portanto a mais bem preparada para lhe ajudar, assim como você a ela?
- Promete se deixar conhecer?
- Promete que seguirá sendo uma pessoa gentil, carinhosa e educada, que não usará a rotina como desculpa para sua falta de humor?
- Promete que fará sexo sem pudores, que fará filhos por amor e por vontade, e não porque é o que esperam de você, e que os educará para serem independentes e bem informados sobre a realidade que os aguarda?
- Promete que não falará mal da pessoa com quem casou só para arrancar risadas dos outros?
- Promete que a palavra liberdade seguirá tendo a mesma importância que sempre teve na sua vida, que você saberá responsabilizar-se por si mesmo sem ficar escravizado pelo outro e que saberá lidar com sua própria solidão, que casamento algum elimina?
- Promete que será tão você mesmo quanto era minutos antes de entrar na igreja?

Sendo assim, declaro-os muito mais que marido e mulher: declaro-os maduros.

 

 

 

sábado, 21 de maio de 2011



Eu vou cuidar
Eu cuidarei muito bem dele
Eu vou cuidar..eu cuidarei do seu jantar
Do céu e do mar
E de você e de mim




quarta-feira, 11 de maio de 2011

All for love



Em orações silenciosas, eu oro
O que as palavras nunca poderiam dizer
Para alcançar o seu coração
Não importa onde você esteja
Para prometer que nós acharemos um modo
Para caminhar na estrada que nós conhecemos
A estrada que nos conduz à nossa casa
Um milhão de sonhos que tenho sonhado
Em cada um deles
Tenho visto seu rosto






Hero



E então vem um herói, com a força para continuar
E você deixa os seus medos de lado, e você sabe que pode sobreviver
Então, quando sentir que sua esperança se foi,
Olhe dentro de si e seja forte
E você finalmente verá a verdade, que há um herói em você






Ta gravado



Aonde quer que eu vá
Levo você no olhar!!!




O melhor lugar




Me queira bem
Durma bem
Meu Amor
 
 
 
 
 
 


Sabe as coisas mais simples? 
Um olhar diferente, palavras sinceras, um sorriso…
é nisso que eu reparo! E é disso que eu gosto.






domingo, 8 de maio de 2011

Ando sempre distraída



...Às vezes se eu me distraio
Se eu não me vigio um instante
Me transporto pra perto de você.


Pra dizer bem a verdade..fico me "distraindo" o tempo todo
Propositadamente..
Friamente calculado..
Bem pensado, intensionado.

"Together we raise out the sun  You know that I love you."









Valentine

video


Deus
Campos do Jordão
Pastel ensolarado
Música
1 de maio
Bangalô
Gramado
Preguiça
Dedicação
Ferrero Rocher
SMS
Cumplicidade
Miami
Sono
Viagens
Paixão
Afinidade
Pizza
Iluminação
Lealdade
Cacau Show
Samuel
Del Valle Uva
Fragrância
Provérbios
Bibi
Fidelidade
SAUDADE
Orações
Big Mac
Afetividade
Compromisso
Bagunça
Fandangos
DEUS



...doar, receber, trocar........AMAR




segunda-feira, 2 de maio de 2011

I believe




Eu é que sei que pensamentos tenho a vosso respeito, 
diz o Senhor; pensamentos de paz, e não de mal, 
para vos dar o fim que desejais.

(Jeremias 29.11)





sexta-feira, 29 de abril de 2011

Memórias


Releio nossos e-mails
Relembro nossas longas conversas ao celular
Refaço os seus olhares e cada um dos seus sorrisos traço a traço na minha fértil imaginação apaixonada
Recrio seu toque nos meus cabelos e o seu cheiro de baunilha que nunca mais saiu de mim
Consinto com esse amor delicado
Me deleito em tanta ternura trocada, sentida, vivida...










terça-feira, 26 de abril de 2011

Cultivar



e jamais ficar sozinha de você.






segunda-feira, 25 de abril de 2011

Prece




Se você crê em Deus 
Encaminhe pros céus uma prece e agradeça ao Senhor 
Você tem o amor que merece




quarta-feira, 20 de abril de 2011


As coisas vão dar certo. Vai ter amor, vai ter fé, vai ter paz.
 
 
 
 


terça-feira, 19 de abril de 2011



Não estarei destruindo meus inimigos quando os transformo em amigos?





sexta-feira, 15 de abril de 2011



depois de muito meditar
resolvi editar
tudo o que o coração
me ditar









quinta-feira, 14 de abril de 2011

Rotina




Todos os dias quando acordo vou correndo tirar a poeira da palavra amor













Lutar pelo amor é bom, mas conquistá-lo sem luta é muito melhor!





quarta-feira, 13 de abril de 2011



Às vezes dá vontade de brincar de esconde-esconde 
só pra poder te achar de novo.



Cosntância



Eu sou Amor e carinho constante 
distraída até o bastante
não paro por instante..





terça-feira, 12 de abril de 2011

Diagnóstico


Mãos entrelaçadas! 
Excesso de ternura sentida e demonstrada. 
Saudade compartilhada. 
Mãos separadas é sinal de parada cardíaca da doçura, 
Insuficiência generalizada de afeto múltiplo.
Falência do sistema neuro-sentimental enamorado.
É na ponta dos dedos que sinto o nosso amor inteiro.




segunda-feira, 4 de abril de 2011

Que medo alegre, o de te esperar.

 

 

 

 







Não sei voar de pé no chão...



Back to me



"Você é o encaixe perfeito do meu coração
O teu sorriso é chama da minha paixão
Mas é fria a madrugada sem você aqui,
Só com você no pensamento.."










domingo, 3 de abril de 2011

Corra o risco


Nunca brinque com as suas escolhas. Jamais as coloque nas mãos de outra pessoa.
Opte pelo que te faz bem. O que te faz sorrir. O que te deixa leve.
Corra o risco de ser feliz!

Nós


Estranho..quando estou com você tenho plena convicção do meu futuro.
Mas é uma estranheza tão boa.



terça-feira, 29 de março de 2011

quinta-feira, 24 de março de 2011


É preciso que você venha nesse exato momento. Abandone os antes. Chame do que quiser. Mas venha.
Quero dividir meus erros, loucuras, beijos, chocolates…Apague minhas interrogações. Por que estamos tão perto e tão longe? Quero acabar com as leis da física,dois corpos ocuparem o mesmo lugar! Não nego...Não sou pedaço. Mas não me basto.

 

 

 

 

 

 

quarta-feira, 23 de março de 2011



Quando eu nasci em vez do médico me bater
... Fez cócegas
 
 
 




...Sorriso é uma manifestação dos lábios 
quando os olhos acham o que o coração procura...





terça-feira, 22 de março de 2011

O nosso desejo




O início de um grande projeto consiste na descoberta de seu desejo por ele.






Quando se quer bem a uma pessoa a presença dela conforta. 
Só a presença, não é necessário mais nada.



Fica




Mas fica, meu amor.

Quem sabe um dia, 

por descuido ou poesia,

você goste de ficar.

 

 

 

 

 

 

 

 

terça-feira, 15 de março de 2011

Planos


E se você puder me olhar
Se você quiser me achar
E se você trouxer o seu lar...

Eu vou cuidar
Eu cuidarei dele
Eu vou cuidar
Do seu jardim...

Eu vou cuidar
Eu cuidarei muito bem dele
Eu vou cuidar...

Eu cuidarei do seu jantar
Do céu e do mar
E de você e de mim...





segunda-feira, 14 de março de 2011



Como traduzir o silêncio do encontro real entre nós dois?.
Dificílimo contar. Olhei pra você fixamente por instantes.
Tais momentos são meu segredo.
Houve o que se chama de comunhão perfeita.
Eu chamo isto de estado agudo de felicidade.




Nosso destino

Nas palmas de tuas mãos
leio as linhas da minha vida.

Linhas cruzadas, sinuosas,
interferindo no teu destino.



Não te procurei, não me procurastes –
íamos sozinhos por estradas diferentes.

Indiferentes, cruzamos.
Corri ao teu encontro.
Sorri. Falamos.






Semear



Se for para semear,
então que seja para produzir
milhões de sorrisos,
de solidariedade e amizade.





E eu? Quero te servir a poesia.
Numa concha azul do mar.





quarta-feira, 9 de março de 2011


Se tu me amas, ama-me baixinho
Não o grites de cima dos telhados
Deixa em paz os passarinhos
Deixa em paz a mim!
Se me queres,
Enfim,
tem de ser bem devagarinho, amado,
que a vida é breve, e o amor mais breve ainda...

O que faz bem


Sei direitinho o que faz bem e o que faz mal pra minha saúde.
Prazer faz muito bem.
Dormir me deixa 0 km.
Ler um bom livro faz-me sentir novo em folha.
Viajar me deixa tenso antes de embarcar, mas depois rejuvenesço uns cinco anos.
Viagens aéreas não me incham as pernas; incham-me o cérebro, volto cheio de idéias.
Brigar me provoca arritmia cardíaca.
Ver pessoas tendo acessos de estupidez me embrulha o estômago.
Testemunhar gente jogando lata de cerveja pela janela do carro me faz perder toda a fé no ser humano.
E telejornais... os médicos deveriam proibir - como doem!
Caminhar faz bem, dançar faz bem, ficar em silêncio quando uma discussão está pegando fogo, faz muito bem! Você exercita o autocontrole e ainda acorda no outro dia sem se sentir arrependido de nada.
Acordar de manhã arrependido do que disse ou do que fez ontem à noite é prejudicial à saúde!
E passar o resto do dia sem coragem para pedir desculpas, pior ainda!
Não pedir perdão pelas nossas mancadas dá câncer, não há tomate ou mussarela que previna.
Ir ao cinema, conseguir um lugar central nas fileiras do fundo, não ter ninguém atrapalhando sua visão, nenhum celular tocando e o filme ser espetacular, uau!
Cinema é melhor pra saúde do que pipoca!
Conversa é melhor do que piada.
Exercício é melhor do que cirurgia.
Humor é melhor do que rancor.
Amigos são melhores do que gente influente.
Economia é melhor do que dívida.
Pergunta é melhor do que dúvida.
Sonhar é melhor do que nada!

terça-feira, 8 de março de 2011



Eu sou apenas um pobre amador apaixonado,um aprendiz do teu amor.





Amar é ultrapassarmo-nos.